Quem boicota os ENFERMEIROS?

A primeira, e mais lógica, resposta que nos apetece dar é: o Governo, através do Ministério da Saúde. (Tendo em conta que Médicos, TDT’s, Nutricionistas, Psicólogos e Farmacêuticos já viram suas carreiras revistas nos últimos dois anos)

Mas, será tal suficiente para justificar tamanha embirrice e preconceito contra os enfermeiros (Simplesmente a espinha dorsal, o maior grupo profissional na área da Saúde que está junto do doente 24 horas) ?

Não, não é.

É consabido que o Ministro da Saúde é um fã, numa relação de sentimento recíproco , do sector privado da saúde. Aliás, consta que mesmo antes do resultado das eleições de 2015 ser conhecido já os privados tinham feito chegar ao PS que, caso ganhasse, o Ministro deveria ser alguém como o actual, e idealmente ele.

Alguém que mantivesse PPP, ADSE e outras coisas que são o garante de vida dos privados (e a ver vamos onde vai parar a história da liberdade de escolha do hospital…) Portanto, uma ascendência política que se confirma e cujo casamento foi certamente apadrinhado pelo actual presidente da república.

Mas qual o interesse dos privados na questão dos Enfermeiros? É que qualquer melhoria no sector público representa pressão sobre o sector privado, que na saúde é menos representativo (ainda) que o público.

No caso dos médicos é ao contrário, dado que ganham bem mais no privado do que no público. Aliás, é lá que fazem dinheiro a sério. No caso deles, a pressão funciona ao contrário. Se o público não quer perder os melhores para o privado, tem de pagar mais. Assim se justifica o aumento de 43% de vencimento com o ACT de 2015, cujos valores querem agora manter mas com redução de parte da carga de trabalho associada.

E a esquerda? Onde anda a esquerda que eu defendo que é tão feroz contra os privados e que se indignou com a situação da PT e da Autoeuropa?

Essa esquerda sabe que está de mãos e pés atados na geringonça, e sabe que atacar uma injustiça que ocorre no sector público é atacar o governo e consequentemente a sua própria manutenção no poder.
Infelizmente é uma esquerda de circunstâncias, e não de princípios. Partidos como qualquer outro.

E à direita? Ora, parte da direita vai alimentando a própria contestação por via de actores-chave (sendo certo que daqui lavará as mãos quando já não lhe for conveniente) e sabe que não pode aparecer a defender justiça para os enfermeiros porque isso contrariará o discurso austeritário que teve durante 4 anos e que mantém.

Os Enfermeiros com responsabilidades políticas, na DGS e nas Comissões de Reforma do SNS também nada têm a dizer sobre o momento atual? Estão à espera das eleições para dizer alguma coisa?

Concluindo, os Enfermeiros estão entregues a si mesmos, sendo certo que outros inimigos aparecerão, como é o caso da Ordem dos Médicos que em mais um exercício de demagogia e sem qualquer pingo de vergonha na cara veio afirmar que os médicos substituirão os enfermeiros nos partos.

Portanto, irão substituir quem já os substitui (e não é só dos partos que estamos a falar…)?

O SNS está “a arder” e parece que não há ninguém para ser responsabilizado politicamente… já agora, o presidente dos administradores hospitalares, tão afoito em debitar opiniões sobre tudo e mais alguma coisa, acha que é assim que se gerem recursos humanos? Ou acha que problemas de recursos humanos é a forma como os administradores são nomeados?

Esses sim, devem fazer muita diferença a quem entra por uma urgência adentro…

Gosto(4)Não Gosto(0)

248 Comments

  1. Muito bem estruturado e fundamentado, este artigo.
    Exactamente, somos uma classe à deriva no limbo da indiferença, de uma esquerda, atada de pés e mãos, - porque lhes é conveniente! -, para investir no sector público.
    É hora de marcar pela diferença. Reivindicar os nossos direitos há muito menosprezados e arrumados na gaveta. E, juntos, unidos, falando a mesma linguagem, certamente somos mais fortes.

    Gosto(1)Não Gosto(0)
  2. This process is much more secure as compared to the area pharmacist www canadapharmacyonline com www online pharmacy com offering you your suggested medications. There are numerous layers of checks as well as due care is required to make sure the customer's health and wellness is not threatened by any means while saving money on costs. This is just what makes Canadian drug store online market a huge success.
    buy cialis canada online [url=https://bit.ly/2y3Ykjk]canada pharmacy rx[/url]

    Gosto(0)Não Gosto(0)
  3. Priligy 120 Mg Order Orlistat [url=http://costofcial.com]cialis prices[/url] Cialis Online Buy Skypharmacy Online

    Gosto(0)Não Gosto(0)
  4. Pingback: Cheap NFL Jerseys
  5. Pingback: Nike Air Zoom
  6. Pingback: NFL Jerseys
  7. Pingback: 1940s summer hats
  8. Pingback: pink nike 90
  9. Propecia Pas Cher Lyon [url=http://tadalaf.com]cialis from canada[/url] Viagra Online Fast Where Can I Buy Provera Low Price

    Gosto(0)Não Gosto(0)
  10. Pingback: Yeezy UK
  11. Taking Amoxicillin Betaseron Propecia Preis Apotheke What Dose Of Propranolol Should L Take [url=http://cialusa.com]online pharmacy[/url] Osu Acheter Du Kamagra Dove Acquistare Viagra Generico

    Gosto(0)Não Gosto(0)
  12. Pingback: polskie sanda艂y

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.