Toda a verdade sobre o salário da mulher do presidente da Câmara de Gaia

Em primeiro lugar começo por fazer uma prévia declaração de interesses. Fui premiado, pelo presidente da Câmara de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, através de e-mail, no passado dia 2 de Novembro, com a informação que me teria interposto um processo… Continue Reading

CCDR-N coloca travão à ida de Eduardo Vítor Rodrigues para o Futebol Clube do Porto

No passado dia 26 de Outubro o presidente da Câmara de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, anunciou que tinha aceite o convite para o exercício de funções de vogal não-executivo da SAD do Futebol Clube do Porto afirmando que “são opções… Continue Reading

Pela verdade, sempre!

No passado dia 30 de Outubro, através de email, solicitei ao presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, toda a documentação relativa ao processo de atribuição da medalha de mérito profissional – grau ouro a… Continue Reading

Marco António Costa e os equívocos da atribuição de uma medalha

O actual Presidente da Câmara de Gaia, o socialista Eduardo Vítor Rodrigues, tem-se enredado em argumentos equívocos para tentar justificar a distinção com que agraciou Marco António Costa, atribuindo-lhe, no passado dia 1 de Julho, a Medalha de Mérito Municipal… Continue Reading

A Quimera

Recentemente descobri que tenho dois Presidentes de Câmara. Ora, enquanto em alguns concelhos se debate onde está o Presidente da Câmara, nós temos dois. Temos o Presidente de Câmara com asterisco – e eu leio sempre os asteriscos, não me… Continue Reading

Carta aberta ao Exmo. Sr. Presidente da Câmara de Gaia

Caro Eduardo Vítor Rodrigues, respondo-lhe publicamente ao seu artigo de opinião no JN, não só como cidadão, mas também como munícipe do Concelho de Gaia. Começo por o informar que sou apartidário, sem qualquer tipo de enquadramento político ou filiação.… Continue Reading

Um “sinal de trânsito“ que custou 3,63 milhões de euros

A Câmara Municipal de Vila Nova Gaia entregou, no final de Julho, numa cerimónia pomposa, um cheque no valor de 3,63 milhões de euros a empresa privada vindos dos bolsos dos munícipes gaienses e dos restantes contribuintes portugueses. O motivo que… Continue Reading