Destaques Desportivos da Semana

Nada de novo na Liga Portuguesa

coates

Em Alvalade, perante 40 mil pessoas (as assistências do José de Alvalade começam a ser uma constante marca indelével do trabalho positivo que o actual presidente está a realizar neste campo particular durante o seu mandato) o Sporting cumpriu a sua missão e bateu o União da Madeira por 2-0. Num jogo em que a equipa leonina, sem Bryan Ruiz no onze titular em detrimento da entrada de Bruno César para a esquerda do meio-campo, a equipa de Jorge Jesus, conseguiu realizar do ponto de vista exibicional uma primeira parte q.b, revelando uma estética de jogo no plano ofensivo muito positiva que garantiu desde cedo os dois golos da vitória. Destaco na mecânica ofensiva leonina a excelente exibição de Teo Gutierrez e a constante profundidade garantida pelos dois laterais. Tanto Schelotto como Zeegelaar construíram imensos lances perigosos pelos flancos, cabendo ao lateral holandês as duas assistências para os dois golos obtidos pelo Sporting na primeira parte. Quanto ao avançado colombiano, reconheço que tenho finalmente visto aquilo que Jorge Jesus decerto viu no colombiano para o pedir como um reforço-chave de plantel no início desta temporada. À semelhança do que era por exemplo Lima no esquema 4x4x2 utilizado no Benfica, o Colombiano aparece finalmente como aquele 2º avançado capaz de ser um jogador determinante na criação de desequilíbrios nos flancos, entrosando-se na perfeição com João Mário e Schelotto através da execução de triangulações nesse mesmo flanco e de, ao mesmo tempo, começar a aparecer finalmente em zonas de finalização mostrando aí uma enorme eficácia na finalização.

Adrien voltou a ser Adrien. O capitão realizou novamente uma daquelas exibições de encher o olho, quer no capítulo da 1ª fase de construção de jogo quer no capítulo das 2ªas bolas, aparecendo sempre à entrada da área adversária a colher as mesmas. Poderia ter feito um golo de encher o olho num remate bombeado de primeira no 2º tempo.

Controlando facilmente a União, a exibição até deu para Jorge Jesus comentar qualquer coisa com um bombeiro à passagem do minuto 40 e para Coates mostrar mais um bocadinho do seu charme numa jogada de raro rasgo ofensivo no qual o central conseguiu dar um autêntico nó num adversário ao passar-lhe a bola por um lado para a ir buscar pelo outro antes de executar um cruzamento para a área dos madeirenses. Confesso-me admirador deste central Uruguaio que chegou à Europa há alguns anos atrás pela mão do Liverpool. Coates é aquele central certinho que jamais arrisca um desarme. Efectivo nesse capítulo, forte no jogo aéreo, jogador de finesse quer no transporte da bola quer no início das jogadas ofensivas visto que é capaz, como temos visto, de lançar muito bem os homens das alas em profundidade, com Coates só existem duas certezas absolutas: ou desarma limpo ou comete faltas inteligentes que travam ataques que podem gerar perigo sem ser sancionado. Será um erro se o Sporting deixar escapar este internacional uruguaio no final da temporada. Os 5 milhões valem bem a pena. Poderá estar aqui um central que poderá constituir com Paulo Oliveira uma dupla para os próximos 7\8 anos.

Destaque final para as poupanças realizadas por Norton de Matos contra o Sporting. Um treinador de uma equipa que ocupa uma posição delicada como aquela que é ocupada pela União a 4 jornadas do fim não se pode dar ao luxo, no meu entender, de poupar unidades, indiferentemente dos adversários contra quem joga e da gestão do plantel que se pretende fazer para o crucial jogo da equipa na próxima semana frente à Académica. Estando a União da Madeira extremamente necessitada de pontuar em Alvalade, poderia ter assumido outra postura. Esperemos que os pontos não conquistados lhes façam falta no final do somatório.

Eu cá há alguns uns anos que defendo que a liga deveria contemplar nos regulamentos das competições que organiza uma regra semelhante aquela que por exemplo é utilizada pela FA para punir todas as equipas que não se apresentem em campo com o seu melhor onze disponível. Evitando qualquer tipo de especulação tão em voga nos dias que correm,  principalmente nas questiúnculas levantadas pelo presidente do Sporting e pela imprensa,  quanto às poupanças que vários treinadores tem feito nos jogos contra o Benfica, a Liga prestava assim um favor a todos aqueles que pagam para ver menos especulação e menos circo  e um melhor espectáculo de futebol.

Jorge Jesus e o Porto

Nem sim, nem sopas. Jesus veio hoje à sala de imprensa referir que com o apuramento do Sporting para a Champions (apesar de ter vindo a público que a UEFA irá penhorar os prémios do clube de Alvalade devido à dívida que este possui perante a Doyen devido à resolução, injusta a meu ver, do “Caso Rojo”, “já pagou o seu ordenado para três anos” – lacónico como tem sido desde que o Expresso apontou o rumor de que estaria a negociar com o Porto a possibilidade de se mudar para a Invicta no final da temporada, o discurso do treinador do Sporting deixa antever que este está realmente a ponderar efectivamente o seu futuro. Certezas em futebol só tenho uma: a que o Porto terá que desembolsar o resto do contrato que JJ tem com o Sporting. Sinceramente, a todos os que me perguntam se gostaria que JJ ficasse no Sporting respondo sempre da mesma forma: claro que sim. Claro que quero que Jorge Jesus possa ser o manager que leve o Sporting a 4 ou 5 conquistas nos próximos 10 anos. Qual é neste momento o clube do mundo que não gostaria de ter um treinador que coloca a sua equipa a jogar um futebol tão vistoso como aquele que Jesus colocou Belenenses, Braga, Benfica e Sporting a jogar nos últimos 10 anos? A todos aqueles que me tem dito que “Jesus vai para o Porto”, respondo igualmente da mesma forma: não me admiro e não me irei espantar se isso acontecer. O futebol moderno não se compadece com símbolos. O futebol moderno não se compadece com paixões exacerbadas. No futebol moderno, vinga a lei do dinheiro. Contudo, creio sempre no meu íntimo que o Sporting tem uma direcção capaz de tornear todos os seus problemas. O Sporting já sobreviveu sem Jesus no passado e voltará a vencer sem Jesus no futuro. Disso estou plenamente convicto.

Em Coimbra

pedro trigueira

Os Pedros (Trigueira e Nuno) são quem mais tem sofrido com a manifesta falta de sorte que a Académica está a ter nesta ponta final do campeonato. O jogo de hoje foi mais um exemplo. Um golaço de Rúben Neves e um charuto de Brahimi contrastaram por exemplo com a falta de sorte da Académica nos minutos finais quando um remate de Ni Plange (corrijam-me os leitores se estiver errado) bateu na trave da baliza do Porto.

Sem os emprestados Leandro Silva, Rafa Soares e Gonçalo Paciência para a partida, a Académica fez o que pode para arrancar um pontinho ao Dragão. Porém, não posso deixar de manifestar que outro dos grandes erros da Académica desde há 4 temporadas a esta parte é a sua extrema dependência de jogadores vindos por empréstimo de vários clubes. Se Leandro e Rafa (os mais preponderantes) não tivessem vindo por empréstimo, estou seguro que a esta hora a Académica já estaria a fazer “contas de sumir” para o orçamento da próxima temporada na 2ª Liga.

De facto, se exceptuarmos os dois Pedro´s, Leandro, Rafa, Fernando Alexandre e os abnegados João Real e Marinho, a estrutura da equipa é efectivamente uma estrutura de 2ª liga. Essa estrutura quase pitoresca e recheada de um amadorismo que já não se coaduna com as exigências do futebol moderno (iniciada claramente no momento em que a Académica não se quis abrir aos novos modelos de gestão do seu futebol profissional, não permitindo portanto que haja injecção de capital por parte de um ou mais accionistas capazes de dar à Académica a visão clara do que é gerir um clube com sustentabilidade, ou seja, com a realização de investimentos seguros que possam fazer com que o clube possa ter matéria-prima para realizar bons espectáculos porque efectivamente só os bons espectáculos é que garantem retorno financeiro) obra e graça de um presidente que pouco ou nada percebe de futebol, em particular de estratégia desportiva, subserviente a outros poderes e a outros interesses que não o do seu clube, sem capitais próprios para fazer mais e melhor e extremamente dependente das migalhas que vários empresários vão colocando em Coimbra.

Não podemos contudo desmorecer. Ainda faltam 3 finais para disputar, duas contra adversários directos. Temos obrigatoriamente de vencer o Tondela e a União para podermos equacionar a manutenção. A queda no 2º escalão será, creio, um autêntico desastre para este clube. Com uma diminuição de receitas estimadas em 80%, fruto de um campeonato que está mal estruturado e que tem um calendário que não lembra nem ao menino jesus com a realização de jogos às 15 horas de dias de semana, a 2ª Liga poderá ser um autêntico inferno para Académica, sem contar que, apesar de considerar e de já ter lido opiniões de pessoas que consideram que a Académica tem actualmente uma estrutura de 2ª Liga, para o ano, a Académica terá que combater com estruturas que tem vindo a ser oleadas para atacar a subida de divisão.

Duas equipas em pré-exibição

Em primeiro lugar, o City.

Os citizens de Pellegrini ainda podem tornar-se campeões europeus na presente temporada, facto que não impede que alguns jogadores não se possam já começar a mostrar a Guardiola. Fiquei agradado com o que vi hoje contra o Stoke, uma das equipas que melhor tem praticado a arte do futebol na presente temporada no futebol inglês, quer no plano defensivo (um autêntico muro defensivo intransponível graças à disponibilidade física e agressividade do seu quarteto defensivo; Pieters, Shawcross, Wollscheid e Glen Johnson), ao poço de força que é o internacional irlandês Glenn Whelan a meio-campo (sempre exímio na cobertura de espaços e agressivo na pressão sobre o portador adversário), quer no plano ofensivo, através da execução de um modelo de jogo que procura imediatamente lançar em profundidade (e com verticalidade) no contra-ataque os seus 3 homens da frente, modelo identitário que permite aos homens da frente (Shaqiri, Arnautovic, Krkic, Walters, Afellay) terem espaço para libertar toda a magia que tem a oferecer ao jogo.

Um endiabrado Aguero (muito movimentado como de costume) capaz de criar desequiíbrios sensacionais nos rasgos em slalom que realizou em velocidade durante o primeiro tempo  perante uma equipa adversária que optou quase sempre por fazer bascular grande parte das suas unidades para as zonas em que o City fazia circular a bola, criou a primeira situação flagrante de golo da partida. O Stoke não haveria de ser feliz nos lances de bola parada, desperdiçando duas oportunidades de golo antes de sofrer, da mesma forma, o primeiro da equipa de Manchester.

Confortável na partida, Yayá e Jesus Navas (que flanco direito diabólico) pegaramna batuta da construção ofensiva da turma de Pellegrini e empurraram o City para um grande resultado e para uma exibição moralizadora. Em notória subida de rendimento, o médio costa-marfinense, jogador que ao que tudo indica não ficará para ver chegar Guardiola devido a desavenças do passado relacionadas com o facto de ter sido dispensado pelo catalão quando era seu comandado no Barcelona, empurrou a equipa para a frente, construiu juntamente com Ikenacho a vistosa combinação que resultaria na grande penalidade que “matou o Stoke” na partida.

Nota de destaque para a exibição do austríaco Arnautovic. O internacional austríaco, futuro adversário de Portugal no Europeu fez o que pode e o que não pode para amenizar as perdas. Lançado em várias ocasiões no contra-ataque pelo flanco esquerdo, o tecnicista provou novamente em campo ser um autêntico quebra cabeças para qualquer defesa. Dono de uma técnica individualque lhe permite rachar qualquer defesa deste planeta no 1×1, o austríaco pode ser uma enorme dificuldade para os centrais da selecção se estes efectivamente não lhe fizerem uma marcação à risca. Na selecção austríaca, dada a presença de um avançado mais fixo, de área, como o é o veterano (ex-Porto) Mark Janko, Arnautovic assume juntamente com David Alaba o processo criativo dessa selecçã, vagueando livre no terreno.

O Chelsea

Guud Hiddink não ficará no comando técnico dos londrinos. É praticamente certa a contratação de Antonio Conte. Os cerca de 200 milhões de libras que Abrahamovic tem presumivelmente para gastar segundo o que tem sido narrado pela imprensa britânica nas últimas semanas, leva a que muitos jogadores aproveitem estas últimas jornadas para garantir presença no elenco dos londrinos na próxima temporada.

 

Gosto(0)Não Gosto(0)

250 Comments

  1. This procedure is much safer as as compared to the neighborhood pharmacist canada online pharmacies drugs canadian giving you your recommended medicines. There are numerous layers of checks and also due treatment is required to guarantee the customer's wellness is not jeopardized in any way while saving on costs. This is exactly what makes Canadian drug store online industry a mega success.
    canadian online pharmacy [url=https://bit.ly/2y3Ykjk]cheap viagra canada[/url]

    Gosto(0)Não Gosto(0)
  2. This process is much safer as compared with the neighborhood pharmacist viagara best pharmacy providing you your prescribed medicines. There are numerous layers of checks as well as due care is taken to guarantee the customer's health is not threatened at all while saving on expenses. This is what makes Canadian pharmacy online industry a huge success.
    online generic pharmacy [url=https://bit.ly/2y3Ykjk]cialais[/url]

    Gosto(0)Não Gosto(0)
  3. Pingback: used clothing
  4. Pingback: Yeezy 700
  5. Pingback: Adidas Yeezy 500
  6. Pingback: pandora charms
  7. Pingback: 2020-2020-2020
  8. Pingback: Pandora
  9. Pingback: kids new era cap
  10. Pingback: Nike Outlet
  11. Pingback: Nike Store
  12. Pingback: Anónimo
  13. Pingback: Yeezys
  14. Pingback: Adidas Superstar
  15. Pingback: wwin-tv.com
  16. Pingback: watch videos
  17. Pingback: Watch
  18. Pingback: watch online
  19. Pingback: jordan 33
  20. Pingback: Air Max 2019
  21. Pingback: Cheap NFL Jerseys
  22. Pingback: Nike Zoom
  23. Pingback: Nike Shox
  24. Pingback: combishort en jean
  25. Pingback: NFL Jerseys
  26. Pingback: Nike Outlet
  27. Pingback: Yeezy
  28. Pingback: Yeezy Shoes
  29. Pingback: Adidas Yeezy
  30. Pingback: 4serial.com
  31. Pingback: 00-tv.com
  32. Pingback: Video
  33. Pingback: we-b-tv.com
  34. Pingback: 2020

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.