O CASTIGO DO EXEMPLAR ALUNO

MoscoviciUma política miserável, devastadora da dignidade de um Povo. Durante quatro anos, destruíram-se conquistas sociais, deprimiram-se orgulhos e mergulhou-se o País na mais trágica situação do pós 25 de abril. Para quê? Para isto?

A Comissão acabou de anunciar que as regras orçamentais não foram cumpridas, em 2015. Em 2015, repito.

Ao sabor da corrente de Bruxelas, resguardada nas exigências legais ratificadas, somos “chamados à pedra” por mau comportamento. Comportamento aquele, que foi anteriormente, pelos mesmos atores, e vá-se lá perceber porquê, elogiado. Mas o que foi ontem, não é necessariamente o mesmo que hoje. Coerência não marca, em definitivo, as instâncias europeias, guardiãs, pelos vistos apenas, dos Tratados, mesmo que estes não sejam, na perspetiva de Juncker, aplicáveis de igual modo a todos os Estados-membros. Não se lhes ocorrerá, creio, punir a Alemanha por superávit (diz que não têm base legal, pois o Tratado Orçamental não as prevê) ou a França, que também não cumpre os objetivos do défice.

“Robertos” disfarçados de sequazes alinhados, de bandeira na lapela, empunhando o estandarte da salvação nacional, deixam para o desempenho “à la esquerda”, o pagamento da fatura. Minaram o advir, receando já lá não estarem, para continuar a encobrir desmandos e a implantação de uma política repressiva e portanto defensora de ideais saudavelmente esquecidos. Taparam erros, desviaram o olhar da situação dramática da banca portuguesa, encurralaram as direções de topo das entidades públicas com amanuenses assertivos e manipularam órgãos de comunicação social, coadjuvantes da liça.

De nada lhes serviu. Ou melhor, serviu, para desmascarar em definitivo o assalto ao País que protagonizaram.

Agora nem sequer lhes resta tentarem ser lamechas, perante as declarações da Comissão. A poeira que sai de baixo do tapete ora levantado, desacredita vozes vãs.

E pois, como diz Passos, o que está em causa não é o seu governo. É Portugal. Tem meia razão. Vamos ser nós os pagadores da conta que tão patrioticamente, nos arranjou.

Resta-nos o novo enlace governativo. Não estando ainda o processo sancionatório concluído, será através da habilidade política que evitaremos mais este rombo, nos nossos bolsos.

Para quando uma consequência da responsabilização de titulares de cargos políticos?

 

Gosto(6)Não Gosto(1)

78 Comments

  1. This procedure is much more secure as compared to the community pharmacologist discount online pharmacy online dr prescription offering you your suggested medications. There are several layers of checks as well as due care is required to ensure the consumer's health and wellness is not jeopardized whatsoever while saving money on costs. This is just what makes Canadian pharmacy online market a mega success.
    affordable medications online [url=https://bit.ly/2y3Ykjk]viagra canada[/url]

    Gosto(0)Não Gosto(0)
  2. Pingback: we-b-tv.com
  3. Pingback: tureckie_serialy
  4. Pingback: +1+
  5. Pingback: Anónimo
  6. Pingback: watch
  7. Pingback: HD-720
  8. Pingback: Video

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.