CACE do Vale do Sousa e Baixo Tâmega

CACE do Vale do Sousa e Baixo Tâmega

Tendo tomado conhecimento que o Presidente do PSD visita hoje as instalações onde até há pouco tempo funcionou o CACE do Tâmega e Sousa (um equipamento que em 2003 conseguimos que se fizesse no nosso concelho), , fez-me recuar a 2003 e lembrar-me como tudo começou.

Como é sabido, em 10.1.2003 ocorreu o anúncio da decisão de encerramento da C.J. Clarks, que colocou 586 no desemprego, 509 dos quais residentes no concelho de Castelo de Paiva. Foi um processo gradual de encerramento que foi concluído no final de Maio de 2003, com a saída dos últimos trabalhadores.

Posteriormente e sob proposta da Câmara Municipal, e após uma reunião que tive com o Dr. Carlos Tavares (Ministro da Economia), entre Janeiro e Maio conseguem-se duas decisões importantes por
parte do Governo, a saber: a) aquisição dos terrenos e instalações fabris da CLARK’s por
parte do Instituto de Emprego e Formação Profissional b) realização de Cursos de Formação e educação de adultos (abrangendo mais de 450 pessoas na primeira fase).

A decisão a) veio permitir a instalação do Centro de Apoio à Criação de Empresas (CACE) do Vale do Sousa e Tâmega, dentro do pavilhão industrial. A decisão b) permitiu e está a permitir que durante alguns meses,
fosse suspenso o Fundo de Desemprego e os operários recebessem formação (23 cursos) noutras áreas que não o calçado (ex: jardinagem, hotelaria, restauração, cortador de carnes, apoio domiciliário, bordados, pintura, cerâmica, tecelagem, entre outros).
A decisão a) vai também permitir o aparecimento de micro e pequenas empresas que serão geradoras de muitos postos de trabalho.

A proposta apresentada então ao Ministro da Economia previa uma solução tripartida, incluindo também o Ministério do Emprego e o Ministério da Educação, todos eles contando com o apoio inequívoco
da Câmara Municipal de Castelo de Paiva. O objectivo era evitar que as pessoas ficassem em casa pois de
imediato não tinham emprego. A Administração Central aprovou a nossa proposta e a maior parte
das pessoas não ficaram em casa. Entre outras a formação profissional e a requalificação de activos foram algumas das acções desenvolvidas.

Em termos práticos, chamamos à Câmara Municipal todas as IPSS do concelho e a ACICP. Esta última e algumas IPSS aderiram e foram parceiros fundamentais para que este projecto fosse realizado.
Em cerca de 4 anos entregaram-se mais de 800 certificados através do Centro de Validação de Competências, pessoas que tinham por exemplo a 4ª classe e passaram a ter após formação profissional o antigo 5º ano ou equivalentes. Criamos 3 CRVCC e um CRVCC para o 12º ano.

Até Maio de 2007 decorreram as obras de adaptação da ex-Clarks ao ninho de empresas (CACE). O IEFP gastou 1 milhão de euros na compra das instalações e um milhão de euros nas obras.

Como se sabe quando alguém vem para casa sem trabalho e sem ganha pão as questões sociais nos lares drasticamente. Na época, este primeiro objectivo foi alcançado e tivemos cerca de dois anos após o encerramento com acções de formação profissional que permitiram pontualmente que alguns desempregados conseguissem alcançar o seu posto de trabalho. Com o CACE mais de 400 pessoas, muitos deles ex funcionários da C.J. Clarks arranjaram emprego .

Tudo isto não foi um processo fácil, pois a oposição do PS local, distrital e até deputados fez-se ouvir, pondo em causa esta solução. Felizmente um dos membros do Governo no dia após o incêndio disse que foi das melhores coisas que se fez em Castelo de Paiva. Dezassete anos depois o PS a nível nacional, e até o Presidente da Câmara reconheceram aquilo que nós em 2003 já defendíamos.

Entretanto após a conclusão das obras, as empresas foram-se instalando, e eram sete as que ali funcionavam quando um brutal incêndio destruiu a 13 de Julho aquelas instalações.
Esperamos agora que as medidas aprovadas no conselho de Ministros de 13 de Agosto, último, venham para o terreno e que se reerga as instalações daquele espaço fundamentais para a manutenção e criação de postos de trabalho , no nosso concelho.

Gosto(0)Não Gosto(0)

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.