Insónias

As prioridades do Presidente da Câmara de Gaia

 

Nas eleições autárquicas de 2013 os gaienses tomaram a decisão de eleger Eduardo Vítor Rodrigues como novo Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia.

Apesar de estarmos afastados do ponto de vista ideológico eu próprio criei expectativas positivas sobre o desempenho do novo Presidente atendendo a que tinha sido, no ano de 2005 ou 2006, meu Professor do Mestrado em Sociologia na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Apesar de não nos conhecermos anteriormente fiquei com uma boa impressão pessoal mantendo, desde essa data, uma relação cordial com o Professor Eduardo Vítor Rodrigues.

Nos primeiros tempos do mandato cheguei mesmo a elogiar algumas iniciativas do actual executivo camarário. Independentemente da cor política entendo que se deve elogiar quando as iniciativas são boas, mas também temos o dever de criticar quando as atitudes assim nos obrigam em consciência.

E confesso que nos últimos tempos a acção política de Eduardo Vítor Rodrigues têm-me deixado muito desiludido.

No dia 25 de Maio de 2016 reportei ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Gaia, através de email, uma situação reiterada de estacionamento irregular, na rua da Misericórdia, que impede, por vezes, a saída de ambulâncias ou de veículos que transportem um doente urgente ao Hospital de Gaia, ilustrada com dezenas de fotografias. E o mais curioso da situação é que a Esquadra da Polícia Municipal fica a 20 metros do local a que faço referência.

Apesar do supra citado email a situação do estacionamento irregular manteve-se inalterada e eu sem qualquer tipo de resposta. Por isso no dia 6 de Junho enviei novo email, com novas fotos, ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Gaia, alertando que aquela situação poderia colocar vidas em risco.

Infelizmente um minuto em muitas situações clinicas pode fazer a diferença entre sobreviver ou morrer.

Atendendo a que passados dois meses continuava sem qualquer resposta e a situação do estacionamento irregular se mantinha, hoje de manhã enviei novo email, às 11h01, ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Gaia sobre a situação acima descrita.

Hoje, passados exactamente dois meses sobre a minha primeira comunicação, o Sr. presidente da Câmara Municipal de Gaia, respondeu-me, às 12h19, informando que tinha encaminhado hoje o assunto para o Sr. Vereador que tem a competência delegada. Espero que o Sr. Vereador, José Guilherme Aguiar, seja mais célere a tratar da situação e a responder às minhas questões.

Perante estes factos pergunto: afinal quais são as verdadeiras prioridades do Presidente da Câmara de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues?

Tratar, com a máxima brevidade, situações como esta que lhe reportei há dois meses e só agora obtive uma resposta?

Ou passar o tempo a falar da dívida divida municipal herdada do executivo anterior e depois condecorar com uma medalha de mérito profissional, Marco António Costa, um dos principais responsáveis pela mesma dívida?

Ou então responder-me através das redes sociais aos meus artigos de opinião?

Penso que será muito mais importante tratar com a máxima brevidade assuntos como o que lhe o reportei no dia 25 de Maio de 2016.

Talvez o presidente da Câmara Municipal de Gaia, Eduardo Rodrigues, possa ter uma surpresa nas próximas eleições autárquicas!

Gosto(44)Não Gosto(7)