Quando a tentação é “grande”. A malta das finanças…e todos os outros!


Ponto de partida: «“Nós todos os dias lidamos com processos que facilmente atingem milhares de euros, centenas de milhares de euros, ou milhões de euros, em toda a Europa um dos muitos mecanismos anticorrupção que existe é, quem lida com este tipo de situações tem de ser muito bem remunerado e essa é uma situação que tem de ser bem escalpelizada no nosso país. Porque a tentação é sempre muito grande”». A afirmação é de Paulo Ralha, Presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos. (Ler Mais…)

Gosto(6)Não Gosto(0)

Tax Free: a explicação anedótica para a corrupção na Autoridade Tributária

autoridade-tributaria_thumb3

A operação ‘ Tax Free “ investigou o pagamento de ” luvas ” a funcionários da Autoridade Tributária (AT) de forma a que empresas tivessem acesso a informação privilegiada fiscal, bancária e patrimonial de terceiros. Esta operação da Polícia Judiciária levou à detenção de 15 suspeitos pela alegada prática dos crimes de corrupção activa e passiva para acto ilícito, recebimento indevido de vantagem e falsidade informática, sendo que oito são funcionários da AT, quatro são técnicos oficiais de contas e três são empresários.

No seguimento desta investigação o presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos, Paulo Ralha, afirmou que estas situações ” prende-se com os cortes salariais em determinadas profissões como na PJ, na AT e no próprio Ministério Público. É da natureza humana. Está mais do que provado na história humana que aumenta o risco de corrupção”

(Ler Mais…)

Gosto(1)Não Gosto(0)