#SOTEU 2016? Bem, «A minha pátria é a língua portuguesa», e a Vossa?

soteu-2016

SOTEU 2016, poderia soar a título de canção. Mas, não. Não se trata de um título de uma qualquer música portuguesa. Trata-se, tão-só, do momento, político, «State of the European Union» 2016.

Mas, o que é que isto interessa? Quando ao nosso dispôr temos temas tão interessantes como telenovelas mediáticas em torno de uma entrevista dada, por exemplo, pelo juiz Carlos Alexandre? Dos pedidos de recusa que ela gera? Das vicissitudes mundanas das nossas parangonas mediáticas? Tipo, diz-que-disse, sim-ou-não, «second bailout»? Goldman Sachs? Ou «caçar pókémônos»?

(Ler Mais…)

Gosto(6)Não Gosto(0)

O (im)paciente inglês

Cinco dias volvidos sobre o maior soco no estômago sofrido pela Europa na sua história comunitária, começamos a acordar do torpor e perceber a real dimensão da coisa. Ontem, ao ver as reações “a quente” das maiores figuras da EU, com o presidente à cabeça, entendemos que esta gente viveu tempo demais na ilusão de que a Europa é o seu recreio e que bastaria geri-la “ex-cathedra”, a seu bel-prazer, espraiando bênçãos e raspanetes, carinhos e palmadas, perdões e punições, para manter viva a chama comum. Que seria sempre a Europa a decidir quem entrava ou quem expulsava, ao invés de se ver preterida por um dos seus filhos pródigos!

(Ler Mais…)

Gosto(7)Não Gosto(0)