PSD – A MUDANÇA NECESSÁRIA

Quando está em cima da mesa a mudança de liderança no PSD, logo se perfilam na linha de partida os suspeitos do costume. Começa-se mesmo a contar “espingardas”!

Será que nenhum deles, tenha dois neurónios a funcionar, ou pior que isso a decência de pensar um pouquinho alem do próprio umbigo, para se perguntar: – GANHAR PARA QUÊ?

(Ler Mais…)

Gosto(11)Não Gosto(1)

A social-democracia naufragou ao largo da praia de Espinho

naufragio_psd

Afinal para que serviu o último Congresso do Partido Social Democrata? Parece que apenas para cumprir calendário. O PSD, após as 15 horas do dia 3 de Abril, mantem-se exactamente igual ao PSD das 21 horas do dia 1 de Abril.

Ao fim destes três dias, pelo que consegui ver, ler e ouvir, confesso que não consegui perceber que oposição Pedro Passos Coelho vai fazer no futuro para reconquistar a simpatia e o apoio dos portugueses.

O Governo vai fazendo o seu caminho com o PS à frente na condução da “ geringonça “ e o BE e o PCP orientando e corrigindo, sempre que necessário, o trajeto no banco traseiro.

António Costa, o inventor da “ geringonça “ tem demonstrado ser um hábil “ maquinista “. O primeiro-ministro conhece bem a inovadora máquina que inventou, por isso, sabe melhor que ninguém que bloquistas e comunistas não o vão deixar na estrada.

Entretanto a “ geringonça “ conseguiu ver-se livre de Cavaco e parece contar com o apoio do novo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

O congresso de Espinho mostrou que este PSD liderado por Pedro Passos Coelho não tem qualquer capacidade para se reinventar, muito menos para se redefinir ideologicamente. Hoje percebe-se que a expressão “ social-democracia, sempre “ não passou de um mero “ slogan “ de campanha para consumo interno.

(Ler Mais…)

Gosto(3)Não Gosto(1)

O 36º

ng5875636

O PSD inicia hoje o seu 36º congresso.

Estive presente ,até à data, em 23  mas não estarei neste de Espinho por decisão própria assente numa falta de interesse que nem a perspectiva de reencontrar amigos conseguiu demover.

Mas tenho uma natural expectativa quanto ao que lá se vai passar assente em três pontos: Passado,presente e futuro.

(Ler Mais…)

Gosto(0)Não Gosto(0)