COIMBRA VAI GANHAR

Coimbra atravessa um tempo decisivo na perspetiva de, através das próximas autárquicas, serem dados os passos necessários para sair do marasmo e da letargia reinantes.

O apoio do Professor Norberto Pires à candidatura “mais Coimbra” e os pressupostos que o sustentam constituem esse ponto de viragem decisivo. (Ler Mais…)

Gosto(3)Não Gosto(0)

Sonhos…

Eles não sabem, nem sonham, 
que o sonho comanda a vida, 
que sempre que um homem sonha 
o mundo pula e avança 
como bola colorida entre as mãos de uma criança.” 
António Gedeão

Um dia, António Costa sonhou ser Primeiro Ministro. No caminho, apesar de algumas vezes tortuoso e pouco ético, conseguiu criar dinâmicas que alteraram definitivamente a forma de fazer política em Portugal. Nem sempre os caminhos da mudança são retilíneos, mas, ao contrário do que pensam os conservadores de esquerda ou direita (são tão iguais nos seus preconceitos e prática), o saldo é sempre positivo. Não se deve e felizmente não se consegue travar o progresso. (Ler Mais…)

Gosto(2)Não Gosto(0)

MOVIMENTOS

É publica a minha desconfiança pelos movimentos ditos independentes, e a prática recente só me tem dado razão.

Já nem falo do movimento/partido de Marinho Pinto e das convulsões que no “parto” deram origem a um “nado morto”, mas estou a lembrar-me por exemplo do MUC, ao qual cheguei a aderir e que se encontra em processo de extinção, vitima das patetices de uma Presidente da Direção, mais ou menos auto designada, e ainda mais recentemente do movimento Cidadãos por Coimbra (CpC), que vitima das tentações hegemónicas de tendências ideológico/partidárias internas, caminha a passos largos para uma representação residual na sociedade coimbrã.

(Ler Mais…)

Gosto(3)Não Gosto(0)

GANHAR COIMBRA

Coimbra, que já foi claramente a terceira cidade do país, logo a seguir a Lisboa e Porto tem vindo a ser ultrapassada por muitas outras cidades, fruto de um estado de estagnação, que permitiu a deslocalização ou encerramento de alguma da pouca industria existente e o definhar do comercio, em vez de acompanhar o progresso registado noutras cidades mais pequenas e com menos condições.

Os políticos locais nunca souberam aproveitar a centralidade e captar a qualidade e capacidade empreendedora dos recursos humanos formados na mais velha e prestigiada Universidade do país.

Feito que está o consensual diagnóstico é preciso deitar mãos à obra e finalmente construir a indispensável mudança. (Ler Mais…)

Gosto(30)Não Gosto(0)

Destaques Desportivos da Semana

Nada de novo na Liga Portuguesa

coates

Em Alvalade, perante 40 mil pessoas (as assistências do José de Alvalade começam a ser uma constante marca indelével do trabalho positivo que o actual presidente está a realizar neste campo particular durante o seu mandato) o Sporting cumpriu a sua missão e bateu o União da Madeira por 2-0. Num jogo em que a equipa leonina, sem Bryan Ruiz no onze titular em detrimento da entrada de Bruno César para a esquerda do meio-campo, a equipa de Jorge Jesus, conseguiu realizar do ponto de vista exibicional uma primeira parte q.b, revelando uma estética de jogo no plano ofensivo muito positiva que garantiu desde cedo os dois golos da vitória. Destaco na mecânica ofensiva leonina a excelente exibição de Teo Gutierrez e a constante profundidade garantida pelos dois laterais. Tanto Schelotto como Zeegelaar construíram imensos lances perigosos pelos flancos, cabendo ao lateral holandês as duas assistências para os dois golos obtidos pelo Sporting na primeira parte. Quanto ao avançado colombiano, reconheço que tenho finalmente visto aquilo que Jorge Jesus decerto viu no colombiano para o pedir como um reforço-chave de plantel no início desta temporada. À semelhança do que era por exemplo Lima no esquema 4x4x2 utilizado no Benfica, o Colombiano aparece finalmente como aquele 2º avançado capaz de ser um jogador determinante na criação de desequilíbrios nos flancos, entrosando-se na perfeição com João Mário e Schelotto através da execução de triangulações nesse mesmo flanco e de, ao mesmo tempo, começar a aparecer finalmente em zonas de finalização mostrando aí uma enorme eficácia na finalização.

(Ler Mais…)

Gosto(0)Não Gosto(0)