O silêncio ensurdecedor dos jornalistas no caso das avenças do GES

demissss_link

Todos os dias vemos jornalistas muito ávidos a comentarem os mais variados casos nas redes sociais.

No entanto, curiosamente ou talvez não, foram poucos os jornalistas que comentaram a notícia sobre uma alegada lista, que estará nas mãos do Ministério Público, em que seriam pagas avenças secretas pelo Grupo Espirito Santo a jornalistas, políticos, funcionários públicos e até empresários.

Em todas as profissões existem profissionais honestos e corruptos. E o jornalismo não foge a esta velha máxima. Porém confesso que tenho a honra de conhecer grandes profissionais no jornalismo alguns até de quem me tornei amigo.

Temos jornalistas que gostam de comentar e escrutinar tudo e todos. Porque não escrevem, nem investigam este caso?

Imagino que não gostam, nem estão propriamente habituados a serem escrutinados, mas às vezes vira-se o feitiço contra o feiticeiro!

Gosto(3)Não Gosto(0)