Programas de Interesse Público

2016-06-02-1

Num canal de cabo da tv nacional é emitido um programa designado “The Big Decision” que identifica pequenas empresas em situações financeiras difíceis, que concorrem\candidatam-se ao apoio de um ou dois investidores de renome. Ao longo do referido programa, surgem empresas predominantemente de cariz familiar (entre 5 a 20 funcionários) com ausência de formação em Marketing, Finanças, contabilidade, vendas e Gestão. Além disso, grande parte das dificuldades surgem aquando da expansão da actividade resultantes da dificuldade em passar de um modelo de gestão amador para um modelo de gestão profissional e de qualidade. No mesmo programa, o investidor propõe um conjunto de alterações nos negócios que considera viáveis e apenas concede o financiamento, caso os proprietários estejam dispostos a alterar o modelo de gestão e por vezes de produção. Este cenário ilustra a realidade do tecido empresarial português reflectindo precisamente as suas lacunas e debilidade, que muitas das vezes levam à falência empresas com excelentes potencialidades.

A RTP, canal público de televisão deveria adquirir o formato e transmiti-lo em horário nobre, de forma a elucidar os nossos empresários, em relação às lacunas da sua gestão e aos riscos dos seus investimentos. Refiro a RTP, porque o formato possui um conceito dirigido ao público anglo-saxónico, podendo não alcançar um nível de audiências elevado, o que o torna inviável para os canais privados de televisão, altamente dependentes das receitas publicitárias. Na ausência de grandes investidores interessados em participar, as agências e organismos públicos responsáveis pela gestão dos fundos comunitários poderiam financiar os projectos com maior potencial, contribuindo para consciencializar os empresários nacionais e para melhorar a transparência na aplicação dos recursos vindos de Bruxelas.

Gosto(3)Não Gosto(1)