Insónias – dicas para dormir direito

Você dorme bem? Consegue repousar e descansar? Como administra seu sono e repouso? Insónia é quando um travesseiro tem espinhos… e a cama pó de urtiga, espírito inquieto, pensamentos a vagar, tensão no corpo, dificuldade para relaxar, sono o dia todo, falta de concentração, perda de memória, dificuldades na área sexual, cansaço frequente, apatia e falta de vontade…os distúrbios do sono são complicados causando a médio prazo várias complicações severas orgânicas, crises nervosas, desequilíbrio intenso. Em minha pratica profissional como psicólogo clinico na área de saúde mental atendi vários pacientes que entraram em crise/ surto em casos de esquizofrenia, transtorno bipolar, depressão, transtorno de pânico, impotência ou inapetência sexual e outras doenças após ficarem dias sem dormir direito.

Invariavelmente em cursos e palestras que ministro me questionam como saber se estou dormindo direito? É uma pergunta recorrente e a resposta é simples: quem dorme direito sonha, em raros momentos tem pesadelos, acorda tranquilo e descansado, não sente sono durante o dia, e o corpo não apresenta tensão ao acordar. Quem acorda cansado, tenso, mal humorado, com o corpo dolorido, acorda varias vezes ao longo da noite- e quem tem muita sonolência durante o dia- o que é um forte indicativo que a pessoa a noite não repousa embora se deite. O sonhar é uma chave que empregamos na clínica para saber a qualidade do sono de um paciente. Para sonhar uma pessoa deve estar relaxada e isto é indicativo de qualidade de sono.

Nossa experiência clínica evidencia que várias coisas atrapalham o sono: dormir com aparelhos eletrônicos  som, radio TV celular  ligados ou mesmo com claridade lâmpada acesa, ou em locais muito barulhentos,   dificulta ou inviabiliza o relaxamento necessário para dormir. Certa feita compreendi a complicação da tecnologia e do sono quando por acaso em uma noite deixei meu aparelho de celular ligado próximo a cama, na madrugada recebi uma notificação que tinha um toque eletrônico…e acordei assustadíssimo com o barulho até voltar a relaxar e conseguir dormir mais de uma hora. Infelizmente isto hoje em dia é comum em especial nos jovens que não podem perder tempo mas perdem sua saúde sem repousar da forma correta.

Resolvi compartilhar com meus leitores dicas de fitoterápicos, de plantas medicinais, chás e alguns remédios que temos observado dar bons resultados auxiliando em especial no tratamento da insónia. As dicas que damos aqui são da fitoterapia popular, não substituem um tratamento médico, funcionam como um tratamento complementar que pode e deve ser agregado aos tratamentos convencionais. Em particular gosto muito dos chás e medicamentos que não tem efeitos colaterais e que não necessitam de receita para seu uso assim oferecendo a população fácil acesso. Estas dicas funcionam bem em casos de transtornos de sono leve e moderados casos mais graves exigem remédios controlados e soníferos mais fortes e acompanhamento médico. Importante lembrar que todo tratamento deve apresentar resultados claros e objetivos. É imprescindível para o êxito de um tratamento o acompanhamento de um medico ou terapeuta para diagnosticar, prescrever e acompanhar o prognóstico do problema em questão. As dicas que aqui vamos dar servem como tratamentos complementares que podem ser agregados aos tratamentos convencionais.

Inicio com remédios e depois vou falar dos chás e plantas medicinais que empregamos  no  Instituto Olhos da Alma Sã  com sucesso  fazendo alguns comentários a partir  de  nossa experiência clínica:

I-Suplementos e medicamentos:

1) Melatonina- um hormônio natural responsável pelo sono hoje produzido sinteticamente e revendido como suplemento alimentar no Brasil e exterior a melatonina hoje talvez seja um dos remédios mais empregados nos Estados Unidos e Europa revendido em supermercados e até bancas de revistas. Seu uso moderado é eficaz auxiliando um paciente a dormir  sem grandes efeitos colaterais. O problema da Melatonina esta em seu uso prolongado por se tratar de um hormônio e ainda não temos estudos de seus efeitos em uso de longo prazo. Recomento aos pacientes e leitores o uso por 20 ou 30 dias e parar por outro período equivalente para que o corpo não se acomode parando de produzir naturalmente a substancia. O ideal é que o paciente use por períodos de 20 dias, parando outros 20 dias. A melatonina hoje é revendida no Brasil em lojas de produtos de suplementos alimentares. Em nossa experiência não observamos interação negativa com outros remédios ou tratamentos e por sua ação e  eficácia alastrou-se no mundo.

2) Ansiodoron- remédio homeopático de alta eficácia tanto para o tratamento da ansiedade quanto para o tratamento da insónias. Um medicamento Brasileiro que é um composto de vários medicamentos. Este também vem se alastrando por sua eficácia por não apresentar efeitos colaterais, por ser facilmente encontrado. Para o tratamento da insónia o ideal é que o paciente tome 3 comprimidos- que são pequenos – uma hora antes de dormir. Este remédio homeopático diferencia se de outros pelo fato de conter em sua fórmula vários componentes associados que regulame induzem o sono dentro do sistema homeopático. Particularmente tenho observado vários pacientes terem excelentes resultados com este medicamento com vários inclusive após a melhora deixando  soníferos de receita controlada- mas tudo isto sendo feito sobre orientação médica. Para o tratamento da ansiedade este medicamento também é muito bom em casos de ansiedade aguda o paciente pode tomar 1 comprimido a cada 8 horas ou sempre que sentir que esta extremamente ansioso.

3) Calman- outro medicamento encontrado nas farmácias do Brasil  feito de passiflora e erva doce que também não tem efeitos colaterais. Também é muito bom para induzir o sono, relaxar sendo indicado em casos mais graves que o paciente tome 2 comprimidos antes de se deitar reduzindo depois para 1 comprimido. Este medicamento dá um pouco mais de sono quando usado de dia. O uso em sua formula da combinação do maracujá com a erva doce também o torna diferenciado no tratamento da ansiedade. Este como os demais também é vendido nas farmácias sem receita medica.

II- Chás

Por coordenar um serviço de uma clínica social na área da psicologia em saúde mental ao lidar com pacientes carentes vivenciamos uma realidade na qual vários pacientes não tinham condição financeira de adquirir medicamentos. Com o convívio com vários médicos naturopatas, homeopatas, e com as avós- sabedoria popular- em especial de freiras que detém o conhecimento de fitoterapia compilamos várias noções de plantas e ervas que podem ser empregadas em chás para o tratamento da insônia. Os chás terapêuticos devem ser feitos em infusão, abaixo explicamos. folhas, frutos, em geral são melhores quando feitos em infusão. Raízes e cascas as vezes devem ser feitos fervendo. Grifo que esta é uma forma complementar de tratamento que não substitui o tratamento medico uma psicoterapia e afins o êxito de um tratamento depende do acompanhamento de um profissional qualificado.

1) talo de alface=- o talo ou miolo da alface é um dos mais poderosos soníferos que existe. normalmente jogado fora e não aproveitado. Um talo de alface media pode servir de sonífero por duas vezes a medida para cada chá é a de duas colheres de sopa funda. Este tipo de chá pode ser feito com mais ou menos ervas quando mais concentrado isto aumenta o potencial do chá, quando produzido em saquinhos ou saches pode se fazer com dois saches.  O ideal é o fazer em infusão: picar o talo de alface  em rodelas finas as colocando em um vasilhame ou copo. Ferver a água e depois a jogar em cima do talo da alface picado,  tampar o copo deixando cozer naturalmente com a água fervida   esperar esfriar e tomar preferencialmente 1 hora antes de deitar. Dos chás é o mais poderoso e infelizmente um desconhecido.

2) erva doce- além de digestivo também é um excelente sonífero que também ajuda no tratamento de gripes, constipações, resfriados. pode ser feito direto da planta ou encontrado em saches. No caso de insônia recomento que se faça um chá mais concentrado usando em um mesmo copo 2 saches isto no inicio de um tratamento.

3)Casca de maça- outra pérola que ajuda a dormir muito bem e muito pouco conhecida. Da mesma forma que o talo da alface melhor o fazer em infusão.

4)Suco ou chá de maracujá também muito conhecido e comercializado. Em minha experiência profissional tem efeito limitado para alguns pacientes não tem resultado para outros funciona bem.

Gostaria de colocar nas considerações finais que a insônia é um sintoma grave que quando recorrente complica várias patologias afetando nosso sistema nervoso e nossa qualidade de vida. Em nosso sistema terapêutico um dos primeiros sintomas que combatemos é a insônia a melhora de um paciente depende diretamente de sua qualidade de sono. Vários pacientes não tem melhora em tratamentos por que isto não é corrigido de imediato no inicio de um tratamento.  Recomendo muita atenção sobre isto.

Sonhar é parte da vida, do viver nosso descanso e repouso são sagrados. Faz parte do conhecimento ancestral a ideia do guardar o sábado que em verdade refletia a necessidade do descanso e do repouso para nossa sanidade e equilíbrio. A ideia de um dia fixo é irrelevante o mais importante é ter um dia para seu repouso e que isto seja feito com frequência e regularidade para o reabastecimento das energias.

Sobre o campo psicológico em uma boa psicoterapia, psicologia clínica é necessário atacar os Complexos ativos que constituem o núcleo neurótico em questão, as ideias fixas, o negativismo, a tensão nervosa, os pensamentos obsessivos que retiram nossa tranquilidade. As pessoas costumam não dormir por que vivenciam preocupações e tensões que não conseguem administrar. O que tem roubado seu sono? O aspecto autónomo da psique faz com que nossos problemas “brotem” em pensamentos que invadem aumentando a tensão na hora de dormir e isto deve ser trabalhado em uma psicoterapia.  Qualidade de vida é paz de espírito!

Gosto(5)Não Gosto(0)

Um Comentário

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *