O futuro político de Passos Coelho e do PSD

As últimas sondagens apontam para que o PSD possa ficar abaixo dos 20% em Lisboa, Porto, Coimbra, Oeiras, Gaia, Gondomar, Matosinhos, Porto, entre outras importantes cidades, sendo que na Invicta possa mesmo ficar abaixo dos 10% e que na capital Teresa Leal Coelho possa ficar atrás de Assunção Cristas.

Apesar destas sondagens indicarem uma hecatombe eleitoral para o PSD, nos grandes centros urbanos, onde se concentram a maioria dos eleitores, confesso que não quero acreditar nestes resultados mas tenho a honestidade intelectual de reconhecer que parece existir um efeito “António Costa” a potenciar os resultados do PS.

Os resultados eleitorais de umas eleições autárquicas têm obviamente repercussões e consequências políticas a nível nacional. Talvez muitos não se recordem, até porque já passaram 16 anos, mas foi na noite “pantanosa” das eleições autárquicas de 2001 que António Guterres se demitiu de primeiro-ministro.

Não é necessário ter poderes especiais de adivinhação para perceber, por antecipação, que a noite eleitoral do próximo Domingo vai ser para o PSD um terramoto político. Apenas falta saber se vai ser acompanhada de um tsunami que arraste inevitavelmente Passos Coelho para a sua demissão. 

Um tsunami político deverá unir os que estão, os que se afastaram e os que saíram do PPD/PSD, nos últimos anos, para todos juntos ajudarem à refundação e reconstrução do Partido. O País precisa mais do que nunca de um PPD/PSD forte!

Gosto(36)Não Gosto(5)

4 Comments

  1. Concordo que há um efeito “António Costa” a potenciar os resultados do PS.
    Mas há também, em sentido contrário, um efeito Pedro Passos Coelho a potenciar os resultados catastróficos do PSD.
    Aliás, sem o efeito Pedro Passos Coelho, nunca o PSD teria o apoio do PCP e do BE.
    Devemos estar gratos a Passos Coelho por nos ter proporcionado ensaiar outras variantes na A.R.
    E, pela parte que me toca, desejo sinceramente que nunca mais tenhamos maiorias absolutas no parlamento.
    Sejam elas de que partido for, deram sempre aso ao aparecimento de habilidosos muito dados ao empreendedorismo agarrado ao aparelho do Estado.

    Gosto(9)Não Gosto(1)
  2. Empreendedorismo = Relvas mais aquele moço charlatão de Braga que dizia ser imprescindível bater punho e toda a amálgama de lapas afetas ao PSD que se colaram ao Estado a "empreender"!

    Gosto(3)Não Gosto(2)
  3. Vade retro satanás (leia-se Passos Coelho). E que dizer da Tecnoforma? Alguém ouviu mais falar sobre essa máquina de "empreender"? Adeus ó vai-te embora, a ver se é desta...

    Gosto(4)Não Gosto(2)

Deixe Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *