Cheque Ensino

cheque080803

A famosa proposta do “cheque-ensino” foi uma das bandeiras de campanha do anterior governo (PSD-CDS), que consistia na possibilidade dos país e alunos escolherem a instituição do ensino privado, que em teoria seriam as mais beneficiadas e benéficas para a sua formação. Apesar de ser bastante elogiado por uma larga camada da sociedade, não existem estudos empíricos que atestem a superioridade deste modelo em relação ao das escolas públicas. Recentemente, um estudo realizado nos EUA a 12 mil estudantes, dos quais 6 mil foram contemplados com o cheque-ensino e os restantes permaneceram no sistema público de ensino, comprovou que os alunos que transitaram para o ensino privado apresentaram piores resultados nos exames de matemática, ciências e Português. Além disso, este grupo evidenciava maiores lacunas de conhecimentos e dificuldades na aplicação de novas ferramentas de trabalho. Mais uma vez, fica evidente que o ensino privado não é superior ao público e que não se justifica que com uma oferta tão alargado do Estado na área da Educação e do Ensino, se continue a aumentar as dotações e os subsídios aos colégios privados.

Gosto(0)Não Gosto(0)