Geringonça gera reviravolta na atribuição do prémio World Press Photo 2017

Os últimos dias políticos da vida portuguesa levaram a que o júri do World Press Photo 2017 voltasse atrás. Esta é uma decisão sem precedentes. Desta forma foi retirado o prémio ao fotógrafo turco Burhan Ozbilici, que captou o momento em que polícia turco Mevlut Mert Altintas assassinou o embaixador russo na Túrquia Andrei Karlov. Ainda segundo o Inimigo Público “Aquela foto do outro na galeria de arte até que não é má, mas apareceu-nos aqui uma candidatura de última hora e não conseguimos ignorar”. O momento fotográfico registado mostra Marcelo, de fato e gravata, com o ministro Centeno, ao lado, estendido no chão já “morto politicamente”. Desta forma inesperada terminou a “agonia política” em que vivia Centeno nas últimas semanas. António Costa está em estado choque com a “morte política” do amigo mas disposto a perdoar a Marcelo.

(Ler Mais…)

Gosto(23)Não Gosto(4)