O 25 de Abril de 1974

Nesse dia de Abril de 1974 levantei- me como de costume, tomei o meu banho, vesti-me, tomei o pequeno almoço, e, pelas 8,00 horas saí da minha casa em Leça da Palmeira, entrei no meu Fiat 128 e arranquei para Gondomar a caminho da então agência do Crédito Predial Português onde era subgerente.

Nada de anormal observei até que, já em plena Circunvalação, liguei o rádio e fui surpreendido por uma música fora do normal… logo ouvi um comunicado das forças armadas a informar sobre o golpe de estado que estava em curso.

Senti um misto de alegria e esperança mas, ao mesmo tempo, de receio e dúvida pois não conhecia a tendência politica dos militares que estavam em campo.

Cheguei ao Banco e já lá estavam quase todos os colegas e eles, como eu, surpreendidos e sedentos de notícias mais sólidas.

Abrimos o Banco como normalmente o fazíamos mas poucos minutos passados recebemos um telefonema da Sede em Lisboa a mandar fechar a Agência e regressarmos a nossas casas até que os noticiários da TV informassem o que deveríamos fazer no dia seguinte.

Soubemos aí que o General Spinola estava por trás do Golpe e isso sossegou-me. Não era de extrema direita.

Regressei a Leça, a minha mulher também já estava em casa pois as aulas tinham sido suspensas e a minha filha também já tinha vindo da escola.

Passamos o resto do dia juntos à TV e à rádio trocando impressões com amigos que iam aparecendo ou mesmo pelo telefone.

Ouvimos Zeca Afonso, iamos aumentando a nossa alegria quando nos fomos apercebendo de que era um golpe a favor da democracia e da liberdade.

Um dia inesquecível…

Ao fim de 31 anos ia, finalmente, ser livre …

A minha homenagem aos militares de Abril…

Gosto(3)Não Gosto(0)

DIPLOMATAS EXPULSOS

O Governo Português decidiu chamar a Lisboa o Embaixador de Portugal em Moscovo para se inteirar mais em pormenor do caso do diplomata envenenado em Londres.

O Sr. Presidente da República que normalmente ê ouvido em assuntos internacionais já declarou publicamente estar de acordo com esta decisão do Ministro dos Negócios Estrangeiros.

A actual Direcção do PSD e o Eurodeputado Rui Rangel criticam esta atitude do Governo e entendem que Portugal devia ter seguido a decisão de expulsar diplomatas russos como o estão a fazer diversos países da União Europeia.

(Ler Mais…)

Gosto(6)Não Gosto(0)

O novo PPD/PSD

PREÂMBULO

Há mais de um ano escrevi num artigo sobre política nacional que em Portugal, após 40 anos de democracia, tinha acontecido algo que iria mudar totalmente a governação do país.
Foi no dia em que Cavaco Silva, contrariado mas obrigado, empossou o governo PS de António Costa viabilizado pelos partidos á sua esquerda.

A ” Geringonça ” era algo que se via sempre como impossível e, não havendo maiorias na AR a solução passava pelo CDS, ora estando ao lado do PSD ou do PS.

Passados 2 anos sobre o comando de António Costa, o povo português mostra satisfação, algo que se vai notando nas diversas e contínuas sondagens e nos resultados das últimas eleições autárquicas.

O povo português já não vê os comunistas a comerem criancinhas ao pequeno almoço nem os bloquistas a pintar paredes e pouco mais.

Já não há Uniao Soviética, os Chineses andam por cá e tão amparados foram pelo anterior governo, a Coreia do Norte nada nos diz…

(Ler Mais…)

Gosto(6)Não Gosto(1)

Vender a alma ao diabo

Após uma semana em que a Ministra da Justiça se pronunciou sobre o mandato da Procuradoria Geral da República, opinião tão fortemente criticada na comunicação social e em sectores políticos de direita, em que o PSD elegeu novo líder, em que Manuela Ferreira Leite afirmou na TVI 24 que a maioria dos portugueses não querem a esquerda no poder, em que Rui Rio diz lutar por uma maioria absoluta nas próximas eleições legislativas, em que se vive a difícil situação das nossas relações com Angola, eis que hoje aparece mais uma na sondagem em que o PS sobe e o PSD desce, mantendo a esquerda uma confortável maioria.

Pelo andar da carruagem e dados os ventos favoráveis que sopram da Europa e do mundo, considerando ainda a divisão que se vai notando no maior partido da oposição bem pode Manuela Ferreira Leite estar descansada pois não vai ter de vender a alma ao diabo ou engolir sapos vivos.

Pois a tendência é, como se vem verificando nestes últimos meses, do Partido Socialista vir a atingir a Maioria Absoluta….

Gosto(3)Não Gosto(0)

PSD – Moção de Confiança

No debate quinzenal de hoje na Assembleia da República acabado há poucos minutos, o Líder Parlamentar do PSD, Hugo Soares, apelou ao Primeiro Ministro para apresentar uma Moção de Confiança ao seu Governo.

Estando programada a discussão e votação da Moção de Censura apresentada pelo CDS\PP para a próxima terça feira de que resultará a continuidade ou não do actual Governo, não consigo entender a razão da apresentação de uma Moção de Confiança.

Realmente o PSD teria sido ultrapassado pelo CDS\PP e viu-se obrigado a dizer por intermédio do seu ainda Líder Pedro Passos Coelho que, obviamente, votará favoravelmente a referida Moção de Censura.
(Ler Mais…)

Gosto(3)Não Gosto(0)

PEDRÓGÃO GRANDE (demissionite… doença actual)

Pedido pelo PSD e com o aval dos restantes partidos foi criada uma Comissão que apresentasse um Relatório Técnico Independente sobre o que realmente se passou no brutal incêndio de Pedrógão Grande onde perderam a vida 64 pessoas.

Esse relatório, um dossier de cerca de 300 páginas foi entregue ontem na Assembleia da República e dado a conhecer a todo o país.

Estava também já agendada uma Sessão especial da AR para a discussão do referido calendário, agenda essa aprovada por todos os partidos.

Mal o Governo soube da conclusão do relatório de imediato agendou uma reunião especial do Conselho de Ministros para o dia 21 de Outubro para discussão do mesmo e poder ou não assumir responsabilidades políticas.

Tudo isto são factos indiscutíveis.

(Ler Mais…)

Gosto(6)Não Gosto(1)

A vida difícil dos enfermeiros

Infelizmente, por razões inerentes á minha saúde e de familiares meus, tenho sido cliente de alguns hospitais, nomeadamente Senhora da Oliveira, Pedro Hispano, IPO e S. João.

Em todos eles tenho encontrado enfermeiros dedicados, conscientes, preocupados e eficazes.

Aqui e ali cansados mas sempre motivados para exercerem dignamente o seu trabalho mesmo em momentos de fraqueza física que muitas vezes se vislumbra.

Sabemos que teriam razões para se desmotivarem pois não têm vindo a ser dignamente tratados pela tutela.

E não têm mesmo… Falta de incentivos, de horários dignos, de ordenados justos.

(Ler Mais…)

Gosto(6)Não Gosto(0)

Opinião sobre o BE – Bloco de Esquerda

Após ter passado por uma fase relativamente longa de ajustes programáticos, saídas e entradas de militantes, o BE de Francisco Louçã entrou numa fase de crescimento significativo não deixando no entanto de ser um Partido de pura contestação aos poderes em exercício.

Com a subida á liderança de João Semedo e Catarina Martins, um caso único na política portuguesa, o BE começou a dar sinais de abertura ao diálogo com outras forças políticas, sendo de notar a moderação de Semedo e a frontalidade de Catarina.

Com a saída de João Semedo, Catarina Martins, uma nortenha de fibra, inteligente e acutilante, tem liderado o partido com muito tacto e bom senso o que faz com que o BE dispute em próximas eleições o podium da AR com a possível conquista do terceiro lugar.

Um partido onde as mulheres sobressaem pela voluntariedade e inteligência postas ao serviço das causas que querem defender… Destaco Catarina Martins, Marisa Matias, Mariana e Joana Mortágua.

Rostos que os portugueses se habituaram a ver, a arquivar na memória. Mulheres que julgo virem a ter importantes desempenhos no Portugal do futuro.

O Bloco de Esquerda acordou para a realidade.

(Ler Mais…)

Gosto(4)Não Gosto(0)